São Luis, 30, de Maio de 2017

Confirmado! Ônibus já estão sendo recolhidos sem hora pra voltar a circular

De acordo com o que informou o assessor de Comunicação do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão (Sttrema), Ciro Mineiro, a ordem é recolher todas as frotas de ônibus que circulam em toda a região metropolitana da capital a fim de evitar novos ataques.

Até o momento, foi confirmado que pelo menos cinco ônibus foram incendiados no início da noite desta quinta-feira (19) na região metropolitana de São Luís. Segundo informações do secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, os ataques tiveram início por volta das 19h30 na Vila Roseana Sarney, no município de Paço do Lumiar, e nos bairros da Cidade Operária e Liberdade, na capital.

onibus incendiado2

Ainda conforme o secretário, equipes especiais das Polícias Militar e Civil, além do Grupo Tático Aéreo (GTA) e o Serviço de Inteligência já foram acionados para tentar conter novos ataques em São Luís. “Nós já acionamos todas as polícias e isso inclui o pessoal da Civil e Militar, e mais o GTA e o Serviço de Inteligência para fazer a segurança”.

Leia aqui a primeira postagem do blog sobre o assunto…

O cão saiu da garrafa! Ônibus incendiados, assaltos e mortes nesta quinta na Ilha

Foi uma tarde como há muito não se via na Ilha. Ônibus foram queimados, policiais atacados e mortes registradas, numa ação orquestrada por uma facção criminosa que atual na região metropolitana de São Luís, de acordo com as primeiras informações.

Um policial foi encaminhado para o Socorrão II, após ser atingido pelos bandidos no bairro do Cohatrac. Ele foi direto para a sala de cirurgia, mas ainda em estado de consciência.

onibus incediado na ilha e morte

Mensagens de áudio pipocaram em vários grupos de WhatsApp informando dos supostos crimes em vários pontos da Ilha. Conforme outra mensagem de texto, que também circulou, as guarnições de resgate e salvamento, além da Polícia Militar, entraram em alerta máximo.

“Bandidos em represália tocaram fogo em dois ônibus nos pontos finais do Maiobão e Vila Cafeteira. Entramos em alerta máximo, pois os bandidos em motos e carros roubados ainda não foram presos”, disse a mensagem supostamente do Comando do Batalhão Militar do Maranhão. A concentração dos ataques seriam em São José de Ribamar, Paço do Lumiar e São Luís.

No meio da tarde, um jovem identificado apenas por Marcelinho foi morto a tiros no bairro do São Francisco (na foto acima, no detalhe).

onibus incendiado1 onibus incendiado3 onibus incendiado2

Leia Mais: Confirmado! Ônibus já estão sendo recolhidos sem hora pra voltar a circular

Sem foro privilegiado, processo contra ex-ministro de Dilma vai para Justiça Federal

Dilma na posse de Edinho Silva

Como diz o ditado, a cobra vai fumar para o ex-ministro de Comunicação Social, Edinho Silva afastada.

É que o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou hoje (quinta-feira) o envio para a Justiça Federal em Brasília de um pedido de investigação contra o ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social Edinho Silva (PT).

Ex-auxiliar da presidente afastada Dilma Rousseff, Edinho foi citado na delação premiada do senador cassado Delcídio do Amaral (ex-PT-MS) como a pessoa que teria sugerido que fosse feito caixa dois na campanha eleitoral do ex-petista ao governo de Mato Grosso do Sul em 2014. Edinho Silva nega as acusações.

O caso foi remetido à Justiça Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal porque Edinho perdeu o direito a foro privilegiado ao ser exonerado junto com os demais integrantes do governo Dilma. Nos autos, Zavascki considerou que as suspeitas não têm relação com o escândalo da Petrobras e, por isso, não teriam de ser analisadas pelo juiz Sergio Moro.

Weverton dos Colchões Rodrigues agora defende Waldir Maranhão…

Weverton-Rocha-Waldir-Maranhão

Depois de sair na porrada na Câmara Federal, em defesa da quadrilha que acabou com o país, agora ele aparece defendendo a figura mais enojada da política brasileira: Waldir Maranhão.

Isso mesmo! Weverton Rocha (PDT), a figura mais asquerosa da então oposição, de um passado recente da cronologia da política estadual, defendendo Waldir Maranhão, que quando era do grupo Sarney, era considerado a escória do clã.

Como diria o slogan antigo da TV Globo, tudo a ver. E olha que nem falo de certos aspectos do passado tenebroso dessa figura chamado Weverton Rocha.

– Não, meu caro Weverton! A forma como Waldir está sendo tratado pelos seus colegas na Câmara, absolutamente não atinge os maranhenses. Mas alguns bandidos da vida pública, com certeza. Eles, sim, estão sendo alvejados em cheio.

Quem quiser degustar a defesa de Weverton dos Colchões e Costa Rodrigues Rocha, clique aqui.

Nomeado de última hora por Dilma não quer largar a mamata…

Dilma Rousseff, como se sabe, resolveu nomear Ricardo Melo diretor-presidente da EBC nove dias antes de deixar o Palácio, quando já tinha a certeza de que não permaneceria à frente do governo.

Foi mais um de seus atos de última hora para tentar manter o controle de áreas da administração, mesmo não estando mais na condução do país. Nesta terça, o presidente Michel Temer decidiu exonerar Mello, que, por sua vez, prometeu recorrer à Justiça.
Vamos ver. O Artigo 19 da Lei 11.652 estabelece, com efeito, o seguinte:

“Art. 19. A Diretoria Executiva será composta de 1 (um) Diretor-Presidente e 1 (um) Diretor-Geral, nomeados pelo Presidente da República, e até 6 (seis) diretores, eleitos e destituíveis pelo Conselho de Administração.”

Até esse ponto, nada indica que Melo não pode ser demitido. Os parágrafos 2º e 3º estabelecem:

§ 2o O mandato do Diretor-Presidente será de 4 (quatro) anos.
§ 3o Os membros da Diretoria Executiva serão destituídos nas hipóteses legais ou se receberem 2 (dois) votos de desconfiança do Conselho Curador, no período de 12 (doze) meses, emitidos com interstício mínimo de 30 (trinta) dias entre ambos.

mamando nas tetas do governo

Muito bem. As tais das “hipóteses legais” que permitem a destituição dos membros da Diretoria Executiva não são especificadas em lugar nenhum. E é evidente que a lei não é clara sobre a impossibilidade de o comandante da EBC ser demitido pelo presidente da República.

Mais: ainda que se quisesse fazer tal leitura da lei, é evidente que se estaria diante de uma clara inconstitucionalidade. A EBC é uma empresa pública e, como tal, não tem o direito de se autorregular. É como se uma lei decidisse que o presidente da República estaria impedido de demitir o presidente de outra estatal qualquer. A EBC não é uma agência reguladora.

Ainda que se quisesse fazer tal leitura da Lei 11.652, bastaria recorrer ao Supremo. O Artigo 173 da Constituição estabelece o seguinte:

“§ 1º A lei estabelecerá o estatuto jurídico da empresa pública, da sociedade de economia mista e de suas subsidiárias que explorem atividade econômica de produção ou comercialização de bens ou de prestação de serviços, dispondo sobre:

(…)

V – os mandatos, a avaliação de desempenho e a responsabilidade dos administradores.
Tal lei ainda não foi votada, e não me parece que a EBC possa, então, criar a sua própria, como se coubesse a uma empresa pública em particular regulamentar a Constituição.
Salvo uma decisão exótica da Justiça, Mello não conseguirá o cargo de volta, uma vez que a lei que instituiu a EBC não pode se sobrepor à Constituição, que prevê, aí sim, que se criem as mesmas normas para todas as empresas públicas.

Mello é um profissional experimentado. É claro que ele consegue arrumar outro emprego, né? Quando foi nomeado presidente da EBC, deve ter desconfiado que Dilma só estava tentando criar um embaraço a mais àquele que certamente a substituiria. Ele não deveria insistir pra ficar. Caracteriza excesso de amor a uma causa que não parece ser principalmente jornalística. Aliás, considerando os motivos que o levaram pra lá, deveria ser o primeiro a pedir pra sair. (Do Blog do Reinaldo Azevedo, com edição).

A coisa tá feia! Nem professores escapam de assaltos no Maranhão 

Um grupo de professores foi assaltado na noite dessa terça-feira (17), na estrada do povoado Tatajuba, no município de Conceição do Lago Açu. Cinco bandidos atiraram nos pneus de uma van, que levava seis professores de volta para casa.

Segundo Reginaldo Farias, esposo de uma das vítimas, a quadrilha, que estava à espreita, aproveitou o momento em que a van passava por um quebra-molas para agir. Eles tomaram pertences, incluindo material de trabalho, dos ocupantes do veículo. Ninguém ficou ferido.

A esposa de Reginaldo, Keile Cristine, é diretora da escola Manoel de Nazaré. Todos os dias, ela e outros professores saem, às 17h30, de Bacabal, onde moram, para se deslocar até Conceição do Lago Açu. De lá, o grupo só retorna no fim da noite. Nenhum dos suspeitos foi capturado até o momento. (Do Imirante)

Página 3 de 5612345...102030...Última »

ÚLTIMO VÍDEO

00:00:00
Uma boa política educacional é o caminho para um novo rumo

TOP EDITORIAS

          REDES SOCIAIS

          Informação com responsabilidade e opinião

          Todos os direitos reservados © 2011 - Gazeta da Ilha