Em pleno século XXI, aparece em Pedrinhas um pombo-correio traficante; Só chamando Rubião…

rubiao

Era só o que faltava! Após ser palco de várias mortes violentas, incluindo dezenas de decapitações, o Complexo Penitenciário de Pedrinhas aparece agora na mídia por causa de uma ave fazendo as vezes dos chamados pombos-correios.

Com uma diferença: o pombo correio de Pedrinhas leva muito mais do que bilhetes. De acordo com a própria Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) o pássaro encontrado portava em uma das patas um papelote de substância semelhante à maconha.

O pombo-correio é uma variedade domesticada do pombo-comum ou pombo-das-rochas. Foi escolhido porque, como todo pombo retorna geralmente a seu próprio ninho e a sua própria mãe.  Essa espécie foi muito usada durante a Segunda Guerra Mundial para o envio de mensagens e documentos.

Na novela “Liberdade, Liberdade”, da Rede Globo, Rubião, o intendente de Vila Rica, interpretado pelo ator Mateus Solano, conseguiu um falcão eficiente na interceptação de pombos correios, com possíveis mensagens de traidores da coroa.

Quem sabe Rubião e o seu falcão não resolvam o mais novo problema de Pedrinhas?